O que é?

Hipertensão é um termo médico para pressão alta.

Isso significa que o sangue bombeado a partir do coração, exerce uma força muito grande contra as paredes dos vasos sanguineos. Fazendo com que o coração tenha que trabalhar mais.
A hipertensão ocorre quando os valores máximos e mínimos de pressão são iguais ou maiores do que 140/90mmHg (ou 14/9). Ela é um dos grandes fatores de risco para a ocorrência de AVC (Acidente Vascular Cerebral).
Em 90% das vezes, o problema é herdado geneticamente, porém também existem diversos outros fatores que também influenciam no desenvolvimento da patologia.

Faça este teste rápido para checar a sua chance de envolvimento com diabetes. (Não é um teste absoluto. Sempre considere ir a um médico especializado.)
Faça o teste


Sinais e Sintomas


A hipertensão geralmente não apresenta nenhum tipo de sintoma notável, mas se algum destes sintomas se fizer presente, é sugerido que se tenha um pouco mais de atenção, por serem geralmente presentes entre os que contraem hipertenção.

  • Tontura;
  • Falta de ar;
  • Dor de cabeça;
  • Dores no peito;
  • Entre outros.





Causas

Existem 2 tipo de pressão alta: a primária e secundária.

Primária:

Ocorre em grande parte com adultos, e não apresentam nenhum tipo de sintoma claro. Este tipo de hipertensão tende a se desenvolver gradualmente com o passar dos anos.

Secundária:

Ocorre em muitas pessoas de forma implícita. Este tipo de hipertenção tende a aparecer de repente e causa uma pressão arterial mais elevada do que a primária.
Algumas das causas abaixo:

  • Exceso de peso;
  • Estresse;
  • Problemas renais;
  • Fontes de maior teor de sódio-sal;
  • Problemas de tireoide;
  • Sedentarismo;
  • Excesso de bebida alcólica.


Tratamento


Mesmo a hipertensão não tendo cura, é possível controlá-la através de medicamentos e mudanças de habitos como alimentação e exercitação.

Uso de medicamentos


O uso de medicamento ajudará a reduzir a pressão arterial, evitando futuras complicações. O uso dos remédios terá que ser seguir rigorosamente as prescrições médicas, mesmo a pessoa estando com a pressão controlada no dia.
Jamais tome esses medicamentos sem orientação médica.

Tratamento não medicinal


Para evitar que o caso se agrave, é recomendado com que o paciente se exercite e cuide bem da sua alimentação, prátique exercitação. Algumas sugestões abaixo:

  • Exercício físico
  • Redução do consumo de sal
  • Controle de peso

Fontes:
Sociedade Brasileira de Cardiologia
MinhaVida
Sociedade Brasileira de Hipertensão
Ministério da Saúde